quarta-feira, novembro 26, 2008

My pleasure

Sempre fui uma pessoa convicta sobre as minhas opiniões [pra não dizer cabeça dura]. Relacionado a relacionamentos também. Porém, posso ser uma pessoa bem vira-folha. Quanto aos relacionamentos também. Ou nem tanto.

Acredito que um dia qualquer nublado, teu cabelo pode estar horrível, tu não dormiste direito e teu rosto péssimo, acordaste tarde, pegaste aquele coletivo/lotação/busão lotado, e mesmo naquela bagunça louca te apaixonar perdidamente [ou alguém por ti].

Da mesma forma, pode haver aquela pessoa que você conhece desde sempre, mas nunca achou nenhuma graça nela até vós começares a fazer um curso junto, ou pegar aquele mesmo busão todo dia no mesmo horário, enfim, passarem a conviver e te apaixonar.

Ou também tu chutares o pau da barraca, enfiares o pé na jaca, mandares tudo e todos pra pqp e saíres a pegar todos [por favor, usem uma catraca seletiva, não vamos ser tão dados] e ser feliz assim, não se preocupando em se apaixonar ou não. Prazer. Nisso que isso se resume.

Nossa sociedade é muito puritana quanto a isso. Prazer. Até falar essa palavra desperta os nossos amiguinhos: o anjinho e o diabinho, um para verificar se estamos sendo certinhos e o outro para verificar se estamos nos divertindo sem se preocupar com absolutamente nada.

prazer

do Lat. placere

v. int.,
comprazer;
agradar, aprazer;

s. m.,
estado de quem se acha prazenteiro;
alegria;
jovialidade;
satisfação;
delícia;
aprazimento;
agrado;
entretenimento;
divertimento;
volúpia;
satisfação sensível ou sensual.

Agora vimos que prazer pode significar tanta coisa. Vamos fazer um esforço para recondicionar nossa mente aos significados menos "fortes".

Sei que esse meu post está muito louco, sem sentido, tudo jogado, batido e misturado, mas eu queria postar, e a única coisa que saiu da minha mente voluptuosa foi isso. Próxima vez que eu estiver com a mente assim vamos entender melhor o verbo gozar. ^^

8 comentários:

  1. Acredito que quando menos esperamos, podemos ver e sentir o sempre esteve na ponta do nosso nariz... será que isso tem sentido? rsss

    Ahhh.... prazer é otimo, e quando queremos te-lo devemos ir atrás, fazer o que queremos e sentimos com prazer... e se possivel gozar de tanta felicidade.

    beijos

    PS. acho que misturei o proximo post, rsss

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. E vc é doidinha.E seu post foi doido e eu gostei.
    Acho q tah nessa de jogar tudo pro alto e n me preocupar muito com nada.
    Temos q ser felizes!
    Nem sempre isso em primeiro lugar, mas temos q ser felizes!
    E eu gosto mais do anjo!aha!hehe

    ResponderExcluir
  4. Este Mar que beija a Ilha
    Traz de longe sonhos perdidos
    Adormece na areia e deixa
    Na espuma mil e um segredos

    Meus sonhos são estrelas que semeio no espaço
    São corpo nu que vagueia pela saudade
    Brotam e correm para o Mar
    Enfrentam a dor a tempestade


    Boa semana


    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  5. AUHSUHASUHSAUAHSUAHS me matei de rir ;D gostei, gostei, e espero ancioso pelo teu gozar (*ops)

    A proposito, da uma lida, talvez te interesse. beijos.
    http://apoesianaocala.blogspot.com/2008/12/bem-final-de-campeonato-brasileiro.html

    ResponderExcluir
  6. Gozar é tão bom.
    Tão bom!

    Saudade daqui Nay!

    ResponderExcluir
  7. adorei isso aqui, estimo o próximo post. hahahaha
    ;*

    ResponderExcluir